Martine e Kahena ganham ouro na Copa do Mundo de Weymouth

As brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram neste domingo a medalha de ouro na etapa de Weymouth (Inglaterra) da Copa do Mundo da Federação Internacional de Vela (Isaf). A dupla, atual campeã mundial da classe 49erFX, venceu com sobras a regata de medalha e terminou a competição com 32 pontos perdidos, deixando para trás as neozelandesas Alexandra Maloney e Molly Meech, que lideravam a disputa ao fim da fase de classificação.

Foi a terceira participação de Martine e Kahena em etapas da Copa do Mundo 2015 e o terceiro pódio. Elas agora têm um ouro (Weymouth), uma prata (Hyères, na França) e um bronze (Miami, nos Estados Unidos).
Ao todo, o Brasil já soma seis medalhas em etapas da Copa do Mundo 2015. Em Hyères, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan conquistaram o ouro na 470 feminina; Robert Scheidt, na Laser, e Patrícia Freitas, na RS:X feminina, ficaram com o bronze.

Também neste domingo, a Equipe Brasileira de Vela esteve representada nas regatas de medalhas de mais duas classes. Na RS:X masculina, Ricardo Winicki Santos, o Bimba, ficou na quinta colocação na prova decisiva e também acabou em quinto lugar na classificação final, com 57 pontos perdidos.
Na classe 49er, Dante Bianchi e Thomas Lowbeer acabaram a regata de medalha em nono lugar, conquistando um oitavo lugar na classificação geral, uma posição à frente de Marco Grael e Gabriel Borges, que ficaram em quinto lugar na prova decisiva em Weymouth.

Confira a classificação final dos brasileiros após as regatas de medalhas da Copa do Mundo de Weymouth:

49erFX
1 – Martine Grael/Kahena Kunze (BRASIL), 32 pontos perdidos
2 – Alexandra Maloney/Molly Meech (Nova Zelândia), 43 p.p.
3 – Tamara Echegoyen/Berta Betanzos Moro (Espanha), 48 p.p.

49er
1 – Peter Burling/Blair Tuke (Nova Zelândia), 48 p.p.
2 – Marcus Hansen/Josh Porebski (Nova Zelândia), 68 p.p.
3 – John Pink/Stuart Bithell (Grã-Bretanha), 72 p.p.
8 – Dante Bianchi/Thomas Lowbeer (BRASIL), 128 p.p.
9 – Marco Grael/Gabriel Borges (BRASIL), 131 p.p.

RS:X masculino
1 – Nick Dempsey (Grã-Bretanha), 22 p.p.
2 – Tom Squires (Grã-Bretanha), 40 p.p.
3 – Wonwoo Cho (Coreia do Sul), 56 p.p.
5 – Ricardo Winicki Santos (BRA), 57 p.p.

Sobre a CBVela
A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (Isaf) e ao Comitê Olímpico do Brasil (COB). Tem o Bradesco como patrocinador oficial, o Grupo BG Brasil como co-patrocinador e a Slam como fornecedora oficial. A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: seis. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 17 medalhas em Jogos Olímpicos.